Dicas que todo mundo deveria receber antes de criar um blog

Eu sei que existem um milhão de postagens parecidas com essa internet a fora, basta procurar bem pouco que se acha uma variedade de posts com dicas de como criar um blog – e fazer sucesso com ele! Mas eu não seria leviana de começar um especial com dicas de como criar um blog, sem falar dos primeiros tão importantes passos, que desta vez serão abordados por outro ângulo.

dicas

“Mas como assim Camila? Tô achando que esse post vai ser só “mais do mesmo”. Bom, eu não posso afirmar com 100% de certeza que alguém ainda não tenha citado pelo menos uma das dicas que darei abaixo, mas quando leio post com dicas para blogueiros iniciantes, sempre vejo as mesmas coisas: Nome, hospedagem, domínio, etc e etc… Hoje fugiremos um pouquinho desse padrão.

Uma criança, quando aprende a dar seus primeiros passos, se afoba e quer logo sair correndo pela casa toda. Nós não somos diferentes. Quando uma lâmpada se acende em nossa cabeça e a ideia brilhante de criar um blog surge, queremos logo correr para escrever sobre qualquer coisa e como em um passe de mágica queremos ser famosos. É claro que reconhecimento faz bem para o ego, mas ele só vem depois de muito trabalho duro… Isso, quando vem…

Portanto a primeira dica de ouro para quem deseja criar um “diário virtual” que era como os blogs eram chamados antigamente é: ACALME-SE MEU FILHO! A vida não acontece em um segundo, você levou nove meses para nascer, então respire fundo e relaxa.

Ultimamente eu só tenho feito posts de lista e é engraçado porque não tem sido de propósito, as circunstancias que têm me obrigado. – risos, então lá vamos nós para mais um…

  1. Se planeje!

Esse era para ser assunto de outro post, mas eu não poderia deixar passar deixo nenhum esta dica que considero intrínseca para a criação de um blog. Na verdade, criar um blog, deveria começar muito antes de chegar às vias de fato, que é criar uma conta em uma plataforma gratuita, todo mundo acha que criar um blog é muito fácil, é só acessar um site, criar uma conta, escrever e pronto, você está famoso! Mas está muito enganado que tem esse pensamento, como eu já disse, criar um blog não é uma tarefa fácil e é preciso se planejar para entrar de cabeça nessa área. Por mais que seja apenas um hobby, com o tempo você vai ver que é aquilo que você quer fazer o resto da sua vida, mas se você não se planeja você vai passar a vida inteira tentando ao invés de ficar rico.

E em que consiste o planejamento?

Ele consiste primeiramente em definir prioridades. Não adianta você cogitar a ideia de ser um blogueiro se você não tem recursos para isso. E o que seriam esses recursos? O básico né, por que no mínimo, você precisa de TEMPO e de um computador com internet, se você não tem um computador, você pode postar da lan house, da casa da amiga, da vizinha, do titio e afins. Mas até para isso você precisa se planejar. Você vai ter dinheiro para ir na lan house sempre? Seus amigos e parentes estarão sempre disponíveis para ajudar você? Então, pense bem sobre isso. Mas se você chegou a conclusão de que terá tempo suficiente para se dedicar a esse novo hobby, aí você precisa definir o seu ritmo de postagem. Existem blogs que se sustentam de forma desgovernada, mas são raros os casos, quando acontece, ou o autor nasceu com o bumbum virado pra lua, ou ele é um mágico escondendo truques na cartola. Por isso, não pense você que vai postar um dia e só postará um mês depois que vai dar tudo certo, vai ficar tudo bem. Não, não vai… Na verdade, esse início é crucial para “fidelizar” leitores. Então é importante que você mantenha uma frequência de posts, definida previamente. Você não precisa postar todos os dias, mas pelo menos uma vez na semana ou de quinze em quinze dias, nesta fase é preciso que você seja sincero com o leitor e deixe claro os dias das postagens bem especificados, se não ele vai achar que você abandonou o barco e também vai abandoná-lo.

  1. Comece como um profissional

Quando eu digo “profissional”, não estou querendo que você comece com um layout personalizado, uma ilustração que é a sua cara, muito menos gastando rios de dinheiro com equipamentos, hospedagens e etc.

Só estou querendo dizer que em pleno 2015 é completamente inaceitável que um blogueiro comece de forma amadora. Com os inúmeros tutoriais disponíveis na internet sobre como criar um blog, é inadmissível que a pessoa venha com aquelas tendências de 2010. Quando o cursor eram bichinhos e músicas em blogs era um sucesso.

Portanto, antes de começar, pesquise, se informe, converse com outras pessoas, peça dicas, sugestões, exponha suas ideias. Não é vergonha para ninguém pedir ajuda. Se você está com dificuldade de desenvolver sua ideia, talvez aquela sua amiga íntima, ou até aquela blogueira que você admira pode te ajudar a sanar algumas dúvidas. A maioria das pessoas na blogosfera são muito solícitas, então nada de começar cheia de dúvidas.

  1. Originalidade é tudo!

Eu nem precisaria falar sobre isso, as pessoas deveriam nascer com essa qualidade. Mas originalidade infelizmente é algo que não dá em árvore – risos – algumas pessoas simplesmente não a querem, preferem viver das migalhas deixadas pelos outros do que criar algo próprio. Então se você não quer passar vergonha virtualmente, por favor! Seja original. Existem milhões de ideias que ainda não foram sequer cogitadas, então bota essa caixola pra funcionar e para de copiar os outros, porque além de ser feio, plágio é crime!

Essas são algumas dicas que todo mundo deveria receber antes de pensar em criar um nome, procurar uma hospedagem boa e barata, antes de pensar em criar um blog.

E não se esqueça:

Planejamento é igual a Segurança

Profissionalismo é igual à Credibilidade

Originalidade é igual à Singularidade

Seja único!

Se destaque!

Anúncios