5 filmes sobre Maternidade

Eu gosto muito de assistir filmes, mas confesso que gostaria de ter visto muito mais durante a minha gravidez, a preguiça atrapalhou um pouco meus planos, mas outro dia zapeando pelos canais de tv, eu revi um filme que eu gosto muito que aborda o tema de uma maneira muito peculiar, por isso resolvi fazer essa lista.

5. Plano B

PLANO B

O filme que eu “revi” esses dias e que me deu a ideia para este post, foi Plano B, um filme que eu particularmente gosto muito e que conta a história de uma mulher que decide que finalmente chegou a sua hora de ser mãe e para realizar seu sonho ela recorre a inseminação artificial, mas no dia em que seu teste de gravidez dá positivo, ela conhece o homem da sua vida. O filme relata bem as inseguranças e loucuras de uma mãe solteira e como pode ser difícil iniciar em um relacionamento quando sua prioridade são seus filhos.

4. O que esperar quando você está esperando

oqueesperarposter

Esse é um filme bem louco e divertido que relata a maternidade de vários pontos de vistas. O filme foi adaptado para as telonas em 2012 e foi baseado no livro homônimo das autoras Sharon Mazel, Heidi Murkoff, Arlene Eisenberg. O filme mostra 6 casais que passarão pelas maravilhas e loucuras da gravidez até o parto. Ele mostra também que uma gravidez é completamente diferente da outra, desde a menina que engravida ao reencontrar o ex namorado até a mulher de um cara velho que passa tranquilamente por uma gravidez de gêmeos – para o terror de suas amigas. O filme é super descontraído e tem o Rodrigo Santoro no elenco, que já faz valer a pena! – risos.

3. Juntos pelo acaso

juntos_pelo_acaso_2

Eu gosto especialmente desse filme, por que ele fala de uma maternidade que não fora de jeito algum planejada. Ele relata a história de uma “Mãe de amor” e o que seria isso? Katherine Heigl interpreta uma mulher bem sucedida na carreira e que não planeja ser mãe nem tão cedo, ela se contenta em direcionar todo o seu amor para sua querida afilhada Sophie, mas quando ela e Eric, um promissor coordenador de esportes viram a única família da pequena Sophie, eles precisam entrar em um acordo sobre como será essa relação e como eles cuidarão da menina, tentando equilibrar ambições profissionais, com o árduo trabalho de serem pais.

Eu acho esse filme bem bonito, porque ele mostra a importância dos padrinhos na vida de uma criança, por isso esse é um cargo que deve ser preenchido por pessoas de confiança e valores. Apesar de não estarem prontos, Holly e Eric assumem a responsabilidade de cuidar da menina apesar também de suas evidentes diferenças, o que torna o filme ainda mais tocante. Mostra também que o amor de uma mãe não se resume apenas a laços de sangue, amor de mãe é e sempre será incondicional.

2. Uma prova de amor

tumblr_ll5t4p6hB81qdb9fko1_500

Quando eu assisti esse filme a primeira vez, achei que desidrataria de tanto chorar. É um filme muito marcante que também foi baseado em um livro. O livro foi lançado aqui no Brasil pela editora Verus com o nome “A guardiã da minha irmã” e foi escrito por Jodi Piccoult. Ele conta a história de um amor maternal que não prevê limites para salvar sua filha e nessa luta, Sara (Cameron Diaz) está disposta a fazer qualquer coisa para manter sua filha mais velha viva, pelo tempo que for. Anna, a irmã mais nova de Kate não está doente, mas parecia. Desde pequena, a jovem Anna foi submetida a inúmeras consultas médicas, cirurgias e transfusões para manter sua irmã Kate viva, mas conforme está crescendo Anna começa a questionar o porquê dela ser submetida a tantos procedimentos médicos. É uma história de cortar o coração.

1. Juno

film-juno-2007-juno_macguff-ellen_page-tops-striped_maternity_shirt

É engraçado falar desse filme, por que quando o assisti a primeira vez, foi em uma aula de teatro no colégio, eu era muito novinha e eu me lembro perfeitamente do dia em que assisti e como ele me atingiu com um soco no estômago. O filme que conta a história de uma garota adolescente que engravida do melhor amigo sem planejar, marcou a minha vida para sempre não só pelo fato de a menina ser tão novinha, mas pelas escolhas que ela fez. Para mim seria impensável, mas foi a partir desse filme que eu comecei a avaliar criteriosamente e até a respeitar mais escolhas alheias, mesmo que elas fossem contra a tudo aquilo que eu acreditava. Juno é muito mais do que uma história sobre gravidez na adolescência, mas também é uma história de reconhecimento, de identidade e o começo da queda de um grande tabu.

Os filmes citados acima, foram todos assistidos inúmeras vezes por mim, são filmes que eu gosto muito e que recomendo para todo mundo. E também, são filmes que relatam não apenas a maternidade, mas outros assuntos também como paternidade, comprometimento, amizade, irmandade, amor incondicional, adoção e até aborto. São filmes que trazem consigo grandes lições de vida e que valem a pena serem assistidos pelo menos uma vez.

Gostaram da nossa lista? Acrescentaria mais algum? Mande pra gente suas sugestões e compartilhe em suas redes sociais.

Anúncios

5 comentários sobre “5 filmes sobre Maternidade

  1. Tirando o filme “Uma prova de amor” que nunca assisti, os outros são recorrentes aqui em casa. Simplesmente adoro e rola muita identificação! Antes mesmo de engravidar eu já era maluca por esses filmes, agora que estou passando por esse momento, acho o maior barato assisti-los! Amei teu blog!

    agarotacereja

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s