Resenha – Ecos da Morte – Kimberly Derting

Toda vez que eu ia à consulta ao obstetra eu ficava horas na fila esperando o moçoilo chegar, cheguei a dormir algumas vezes, até que um dia decidi levar um livro para ver se a hora passava mais rápido… E não é que li quase o livro inteiro na fila de espera!

O escolhido da vez foi Ecos da Morte, eu estava super perdida sobre o que ler, por que fazia um ano quase que eu não mantinha um histórico de leitura constante. Estava – ainda estou – completamente desatualizada dos lançamentos, então peguei três livros da estante que estavam encostados há tempos e li a sinopse. Ecos da Morte foi o que mais me chamou atenção por ser literatura sobrenatural, que eu particularmente amo!

Ecos da Morte foi escrito por Kimberly Derting e é o primeiro livro da série The Body Finder, publicado pela Editora Intrínseca em 2011.

DSCN0047

Skoob

DSCN0014

O livro conta a história de Violet Ambrose que tem um estranho e secreto dom desde a infância. Ela consegue detectar ecos, ruídos deixados por cadáveres e isso não era um grande problema para ela, porque o máximo que conseguia rastrear eram ecos de animais mortos. Mas quando um serial killer aterroriza sua cidade, Violet se vê envolvida em uma alucinante corrida contra o tempo.

O livro prendeu bastante a minha atenção, o primeiro capítulo já é bem intrigante e você fica com vontade de saber aonde aquela história dará. Violet tem uma forte ligação com seu melhor amigo Jay, mas o sentimento que ela começa a nutrir por ele, pode colocar toda a amizade a perder.

Jay é um ótimo personagem, amigo, companheiro, é o garoto perfeito, que toda menina gostaria de ter a tira colo, sem contar que é um gato. E devido a todas essas características eu confesso que por uma ou duas vezes cheguei a desconfiar do perfeccionismo e amabilidade do boy.

O relacionamento dos personagens principais – Violet e Jay – é bonitinho, mas às vezes se torna um pouco chatinho, por ser aquele relacionamento bem típico de adolescente que está descobrindo o amor agora e não confia o suficiente nos sentimentos a ponto de colocar a amizade a prova. Tirando essa questão eu achei o livro todo muito maduro e acredito – espero – que nos próximos livros os personagens estejam mais maduros.

Ecos da morte é uma leitura rápida e de fácil compreensão. Senti um pouco de falta de uma exploração maior da mente do psicopata. Os capítulos do livro são intercalados entre Violet e o assassino, o que nos dá uma visão melhor dos fatos, mas senti ainda que faltaram alguns detalhes – informações. A autora poderia ter trabalhado melhor essa questão.

??????????

Aqui no Brasil, a Editora Intrínseca publicou até o segundo volume, Desejos dos Mortos e nesse link você pode ler o primeiro capítulo de Ecos da Morte.

Vocês já leram? O que acharam do livro?

Anúncios

6 comentários sobre “Resenha – Ecos da Morte – Kimberly Derting

  1. Nossa, olhando pela capa do livro ele não tinha me chamado em nada a atenção. Sei que estou errada por julgar pela capa mas ela é a primeira coisa que vemos, o visual é muito importante hehe Mas essa estória, OH GOD, quero ler logo. Você conseguiu me conquistar com sua resenha hehehe

    Blog: Café Com Babis

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s